segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Entrevista com um dos militantes da cultura hip hop de Uberaba

Dando continuidade as nossas entrevistas, após um longo espaço de tempo devido aos trampos e atividades, voltando muito bem e contamos desta vez com um Militante da nossa cultura em Uberaba-MG e por que não dizer no Brasil..


"Guilhiard"// E ai se apresenta aÍ mano. 


"Lheo zotto"// 


Um Salve pra quem é de Salve, e Um Axé pra quem é de Axé...saudações a todos os leitores do blog do meu parceiro Guilhard...


   Meu nome é Leonardo de Morais,  a.k.a  Lheo z.o.t.t.o., Mc militante desde 1993, nascido e criado na cidade de Uberaba, hoje residente em Ribeirão Preto ( Não tão Longe assim né ?? .. rss ), tenho 35 anos completados agora em Julho. . . Comecei no Hip Hop através do breakdance, como a maioria dos da minha geração, mas logo a rima já apareceu entre a rapaziada, fui um dos escolhidos. Fiz parte de um dos primeiros grupos de rap da cidade de Uberaba,  INFRATORES DO SISTEMA, 93/98 .... depois fundei o CONSPIRAÇÃO POSITIVA 98/2008, grupo também de bastante expressão no Triângulo Mineiro ... E agora sigo a minha caminhada, realizando alguns projetos  pelas encruzilhas do mundão . . .


"Guilhiard"// Como você iniciou no Hip Hop?


"Lheo zotto"// Putz! Essa é foda ...Cara acho que a semente da minha integração com essa cultura se deu antes do que eu imaginava há um tempo atrás. Em 1986 meu pai já havia comprado nossa primeira TV à cores, na época era foda... Eu e meu irmão não saíamos da frente da tela. . .  Onde, invariávelmente eu via todas as aparições de MICHAEL JACKSON. Treinando ali na frente da TV na sala, ainda brincando mesmo, fui ficando bom nos passos que o Michael fazia, chegava nas festinhas e o povo já me empurrava pro meio da pista pra dançar o "ROBOZINHO do Michel Jackson". . . no mesmo ano, eu descia pra RUA "O " , do Cássio Rezende, onde morava o TESTA, irmão do ROSCÃO, e num barraquinho no fundo da casa do ROSCA, os caras ensaiavam os passes pra ir pra ASSOCIAçÃO , ELITE, onde rolava os Bailes Black’s da época. Tinha o DIONISIO também, todos monstros dos passinhos de dança. Eu estudava no ALCEU NOVAES, e devido aquela “onda de MICHAEL JACKSON”, as professoras de tanto ver agente dançando no RECREIO, propuseram um concurso de dança na escola, eu com 10 anos, na 4ªsérie. TESTA, ROSCA e DIONIZIO,  todos com 15 e 16 anos, monstros dos passinhos de dança...Mas eu ganhei...
Daquele dia em diante nunca mais parei, O DJ BICÃO que mora até hoje na rua "o" também foi um professor pra mim, juntamente com o Luciano Vampirim, todo domingo estávamos na SUNSHINE,  onde conhecemos a rapa do Boa Vista em peso . . .
E dali em diante terminando os anos 80 e começando os 90, ali tudo começou pra mim, dançando breakdance . . .


"Guilhiard"// E por que você trocou a dança pelo Mic?


"Lheo zotto"// Na real não foi bem uma troca...
  ... Mesmo cantando eu dançava, dancei durante muitos anos mesmo cantando no Infratores, na época era natural os grupos de rap trazerem na sua formação B.boys.
Mcs + DJ + Bboys, muitos grupos tinham essa formação, em Uberaba tinha também, até porque houve uma transição realmente entre a época só dos concursos de dança,que tinha os grupos MORRO BLACK, JET BLACK, FLASH KID, WORLD DANCE(qual eu fazia parte),  e o nascimento do HIP HOP e o surgimento de grupos de rap na cidade,  ANDRÓIDES Mcs, PRIMUS DUDA RAP, CONCIÊNCIA RAP, LIMAR DEE, INFRATORES DO SISTEMA, FATO VERÍDICO...
Com o tempo, inspirados na capital, e em outros lugares, crews de b.boys foram surgindo.
Ao ponto que o acesso À informação sobre a histÓria do HIP HOP iam chegando em nossas mãos, o Hip Hop Local ia se formatando e se modificando, foi um processo natural.
E acabei me dedicando inteiramente à rima, à medida que foram rolando contusões também, fui ficando tiozinho.. hehehe . . . tipo, achei que tinha chegado no meu limite físico mesmo . .  Mas ate hoje dou uns moinho de vento, uns reloginho .. rsss... B.boy não deixa de ser B.boy nunca !




"Guilhiard"// Quais são suas influência musicais, que despertaram o seu interesse em ser MC?


"Lheo zotto"//  Bom como disse comecei cedo na labuta da rima né, fui influenciado pelos primeiros Mcs realmente...
     ...THaíde, Racionais, Pepeu, MT Bronxs, Doctors Mcs, Pavilhão NOve, Pivete, MRN, DMN, GERAÇÃO RAP, Balinhas do RAP,muitos...  anos mais tarde como eu disse antes, foram chegando as informações, acesso a sons gringos, yo!mtv, as revistas, nos inspiramos em muita coisa, mas na real de relevante mesmo tá aqui. Rap Brasileiro. MCs e rappers  brasileiros.
    Uma pessoa que me influienciou muito foi o Cassinho, parceiro meu de infância e parceiro no WORLD DANCE, agento gostava de ficar fazendo embromations de rap gringo, e ele falava q eu tinha jeito, mas a pessoa que mais me influenciou chama-se, Alessandro Eliziario Dornellos.. vulgo ... BAZAKA.  Esse considero um dos melhores Mcs que já vi na vida.   Me influência até hoje na real, até porque ele me incentivou muito a ser mc, antes de cantar com ele, eu tinha visto ele cantar, em uma das suas primeiras apresentações, antes de chamar INFRATORES DO SISTEMA, o grupo se chama STREET BOYS MCS, era o Bazaka, DJ Robson, Coruja, Alan Kabeção, Dick Dee, tinha b.boys também, Gordo, O Omar e acho que o Vouglas também era, num sei..só sei que eu vi o Bazaka na rua um dia e pedi o autógrafo dele, hahaha, até hoje tenho esse autógrafo guardado, dias depois ele ficou sabendo que eu tava escrevendo através do Bicão e  me convidou pra fazer parte do Infratores e a história começou assim...









"Guilhiard"// Como surgiu o Conspiração Positiva?

"Lheo zotto" //
Cara eu passei um temporada em 97 entre Uberaba e Ribeirão, Foi um ano meio letárgico na cidade de Uberaba, alguns grupos naquele ano ficaram meio parados, Ribeirão rolava várias paradas, tinha a lojinha do Billy, a CALIFORNIA DISCO LASER, várias paradas... ae no fim do ano de 97 veio a bomba, “SOBREVIVENDO NO INFERNO”, acordou todo mundo, influenciou muito entre 98/99/2000 o rap mudou demais.  
   Eu também sentia a necessidade de mudança,e sabia que só seria possível ser eu saísse do Infratores, daí comuniquei minha saída do grupo, e eu tinha um projeto de fazer um grupo na época unindo alguns mc’s de grupos diferentes, tipo um coletivo...tinha muita treta boba na época, e agente queria provar que a união era possível, mas em pouco tempo eu vi que ainda num era possível realizar aquele projeto, eu tinha uns nomes guardados pro meu novo grupo,dai a Zanza na época tinha saído do SENTINELAS, o primeiro grupo só de mina de Uberaba,  eu convidei ela, também convidei uma amiga minha, que tava convivendo muito comigo,a Isis, para fazer os refrões, o DJ Nonô já tava comigo no grupo novo, eu já tinha falado pro Bazaka que o lugar dele no meu projeto tava garantido, eu sabia que cedo ou tarde o INFRATORES ia acabar, não por nada, mas eu sentia . . .dai eu tinha uma proposta do Dárcio,amigo daqui de Ribeirão Preto, de gravar duas faixas numa coletânea que o DJ Yzak (CXA)  tava produzindo, a coletânea VULCÃO EM Erupção, onde saímos com 2 faixas.
A coletânea tava sendo produzida, o Bazaka já tava com agente, o INFRATORES terminou suas atividades logo após o surgimento do CONSPIRAÇÃO POSITIVA, que foi o nome que sugeri pra rapa e todo mundo gostou.  O Dárcio era do Ideologia de Vida, ele tinha 4 faixas pagas na coletânea, e nos cedeu 2 em troco das peças que agente ia ganhar, já que a coletânea ia ser lançada pela gravadora de Brasília DISCOVERY, Mas o Bazaka não quis participar da coletânea pra pessoas não pensarem que ele era interesseiro e tal, e depois disso veio toda aquela história. A coletânea saiu, fizemos um ótimo trabalho... assim nasceu o Conspiração Positiva, julho de 1998.

"Guilhiard" // Como você se sente  fazendo parte do grupo de RAP que colocou o triângulo mineiro no mapa do RAP?


"Lheo zotto"// Irmão na real, não fiz mais que minha obrigação...
  ...Sempre levei isso a sério, nunca brinquei de fazer rap, me sinto como parte da raiz do nosso hip hop, digo o Hip Hop Uberaba, na época não tínhamos noção de nada, não tinha muita informação, era no amor mesmo, fomos dando a cara e aprendendo, plantando sementes, errando, falhando naturalmente como qualquer ser humano, mas sempre tentando colocar um tijolinho na estrutura, sempre pensando num todo e não numa individualidade, MOVIMENTO de 3 ou 4 pessoas num é movimento, é panela. Por isso sempre se falou em união, porque agente espera isso, almeja isso, mas nem sempre sabemos buscar.
   Sinto Orgulho dessa rapaziada da minha época ter podido compartilhar isso comigo, sinto orgulho de ter tocado ao lado de DJ Nonô, Zanza, Mestre Bazaka, Gordo, R.Loco, Totoin, F- ney,  mais pro fim da minha moradia aí na cidade, tava surgindo o TRETAS À PARTE, no quarto da minha casa, onde rolava os ensaios do CP+. 
Me sinto MUITO orgulhoso!




"Guilhiard"// Você poderia falar o porque do termino do grupo?


"Lheo zotto"// O termino do grupo tem muitos prismas...
... Mudamos pra Ribeirão Preto, a dificuldade de emprego pra se estabilizar na cidade, o nosso disco demorou mais pra sair do que imaginamos, isso quebrou um pouco nossas estratégias...
 Bazaka acabou voltando pra Uberaba, ja quebrado uma coisa que tínhamos em 100%, que era os ensaios.
...Os ensaios eram sagrados. . . gostávamos de fazer apresentações dignas e isso ja nos deixou muito frustrados.
O tempo foi passando, e coisas pessoais foram acontecendo então a Zanza se desligou primeiro do grupo. Outra coisa que também quebrou nosso esquema, mas tentamos ainda sem ela, saímos na coletânea do JOnas
Já bebendo de um estilo diferente do Conspiração de antes, não pela ausência da Zanza, e sim pelo momento do rap nacional . . .
   O Bazaka se formou na faculdade se tornou professor de História e pediu pra sair do Conspiração, eu já estava preparando meu espírito praquele momento e respeite de coração.
Daí eu segui meu caminho  e  Dj Nonô o dele . . .
Conspiração virou uma história bonita pelo menos pra nós.


"Guilhiard" //Quando o Conspiração acabou você realizou ou realiza algum projeto e musical ?


"Lheo zotto" //
 Quando mudei pra Ribeirão preto agente já tinha um projeto paralelo aqui na cidade, a Kachorrada Racional, que era a junção do ATAK REALISTA e do CONSPIRAÇÃO POSITIVA, agente fez muitos shows, vários sons loco, foi uma transição de estilos na época, começamos a experimentar o BATE-CABEÇA, Stage Diving (pular do palco ), várias paradas diferentes, Isso ja foi uma experiência de liberdade pra criar, que as vezes no ConspiraçãoPositiva num tinha espaço, assim que o grupo acabou eu fiquei meio perdido, sem saber o que ia fazer, se ia começar outro grupo e com quem seria, num sei, mas aí eu já tava fazendo coisas com o TOTOIN, ele já tava frenético nas produções, foi nascendo um projeto nosso que culminou no grupo QUARTOTEMPLO, formado por mim, TOTOIN e FREQUENCIA ZERO da Paraíba, que hoje também é  conhecido como Mc DUMATU, O Freqüência foi um dos responsáveis pelo ressurgimento do meu som, digamos assim, conhecemos ele pela Net e íamos fazendo vários sons nos Beats dele, e aí ele acabou me convidando pra formar uma dupla, ele produzindo e eu rimando, que é o PROJETO SYMBIOSE, e que há algum tempo abolimos o "PROJETO"
e ficamos só  A symbiose  . .desenvolvi, junto com uma rapaziada daqui de Ribeirão Preto, uma cena local de raggamurf e dancehall, vários mcs daqui, buscaram e buscão essa cultura e tá rolando várias paradas legais e o bonde num para né mano , tem muita coisa pra rolar ainda . . .


"Guilhiard"//  Por  que o rap de hoje perdeu a essência política que tinha o dos anos  noventa?


"Lheo z.o.t.t.o."// Acho que num perdeu a essência política não, acho que foi uma dilatação dos horizontes pra rimar. Muitos grupos surgindo, e ia se falando a mesma coisa, os próprios mcs foram se encontrando musicalmente, conhecendo mais música, ouvindo mais música, e naturalmente os temas e olhares sobre as coisas vão mudando, mas mesmo mudando sempre senti a politicização nas rimas mesmo de rappers alternativos.


"Guilhiard" // O que tem de mais importante e que você olha no sentido "não deve acabar" dentro da nossa cultura?


"Lheo z.o.t.t.o."//  Os SONHOS....
   ...Sonhar viver do rap, sonhar em ter um estúdio, sonhar em ter uma pequena gravadora que seja pra lançar seus manos, sonhar em ter uma grife voltado pros manos e minas se sentirem bem e se enxergarem ao se vestir, sem sentir vergonha em estar fazendo moda, sonhar poder fazer uma faculdade e aplicar o conhecimento acadêmico no Hip Hop ...  Os sonhos isso jamais pode morrer. É o combustível, e através deles vem as realizações. 
  Não parem de sonhor irmãos e irmãs !


"Guilhiard" //  Como você vê a questão do movimento hip hop na cidade de Uberaba? E o que você acha que pode ser acrescentado neste cenário?


"Lheo zotto"//  Bom, pra mim te responder essa pergunta com mais propriedade,  eu teria que estar morando aí, pra realmente sentir a parada, mas em 10 anos muita coisa melhorou, se tínhamos o ConspiraçãoPositiva, 3dfato e alguns outros  como referência nas primeiras gerações, hoje temos TOTOIN, JONAS PHEER, LINDOMAR 3L, O EREMITA, WIL WIL, TOI, e muitooos outros, Uberaba tá linda em termos musicais e  falando de HIP HOP. Especificamente,  evoluiu, Evolução é uma coisa que não pode ficar obsoleta, temos que evoluir sempre. Ainda temos muito que aprender na parte da profissionalização, aquela fase que o cara vai deixar de ser amador, para fazer um trampo profissa, tem muita gente que ainda confunde, qualidade e quantidade.
INFORMAÇÃO técnica. O Hip Hop é lúdico, mas existe um mercado, existe dinheiro acontecendo, esse dinheiro tambem pode vim parar na nossa mãe. Se profissionalize, faz música de verdade, esquece a vaidade. 


"Guilhiard"// Quais são seus planos e projetos pro futuro?


"Lheo zotto"//  Planos são vários,  demais cara, achava que eu tava desacelarando mas foi só um refluxo,  agente aprendeu a num ficar falando tudo né, pra da sortem falar  só do que efetivamente já está ai praticamente nascendo, mas tá rolando um blog, to formatando ele logo mais agente divulga aqui, to estruturando meu home-studio aqui em RP, já estou produzindo alguns amigos daqui, inaugurar meu selo através do lançamento do meu primeiro trampo solo que já ta vindo aí, quero casar também rrsrsr..zueira, enfim, num para . . . E como eu sempre digo..
- MANTER AS ENGRENAGENS DO HIP HOP FUNCIONANDO! 
-
"Guilhiard"// Pra galera que ta começando qual sua receita? E aquele tock de alerta!


"Lheo zotto"// 
Mano se conselho fosse bom eu tava rico. 
Mas pra quem ta começando no rap mesmo, eu diria, mano voce eh um cara inteligente, escolheu uma coisa linda pra fazer, põe amor, AMA o rap mano, independente que de que um dia o rap te traga dor, AMA isso. Faz de verdade e vc vai gostar do seu som, e num " NUM DEIXA NADA TE AMARGAR DEMAIS OO CORAÇÃO", até que provem o contrário.
   Meu toque de alerta eh que o RAP NÃO FALIU, O RAP NÃO MORREU, O RAP TA VIVO...  


"Guilhiard" //  Mande um Salve ai pra geral e finalizamos por aqui!


"Lheo zotto"//
 Pode crê Guilhard, primeiramente quero agradecer você de coração por ta abrindo esse espaço aqui, desde que deixei a MUNDIAL FM lá em 2001 ,não falo mais pro nosso HIP HOP Uberaba, obrigado mesmo mano, Citar nomes é complicado agente acaba esquecendo alguém, mas alguns nomes posso citar sem medo de ser feliz...Queria agradecer TOTOIN e a família dele por sempre ter me dado um suporte nos meus  retornos momentâneos à cidade, Queria agradecer a todos da minha familia kachorrada Racional, Tretasaparte, Sambação, todos da época do Kanil, Zanza e Nonô por ter me suportado todos aqueles anos, e eu queria deixar um axé especial pro meu mestre Bazaka. Sala Kiambote , agradecer também a rapaziada daqui de Ribeirão preto sempre comigo... OPERAÇÃO MEMALÁIA !!   e  Deixar um axé e um salve pra todos na cidade  de Uberaba todos mesmo . . .E dizer que 2011 ta acabando, mas ta acabando com muita coisa boa acontecendo e ainda está pra acontecer.. 2012 vai ser foda hein tiuuu ..rsrsrs..
E Como Dizia o poeta THAIDE:
...VAMO Que VAMO Que O SOM NÃO pode PARAR !!! 


  ago mojubá Olodumare
 asé  . . .





"Guilhiard" // Mano,agradeço sua paciência e compreensão e toda atenção cedida e deixo aqui meu muito obrigado a você,Lhéo Zotto e todos os nossos visitantes,seguidores e leitores do Blog um salve a todos e até a proxima!
Ocorreu um erro neste gadget